Últimas notícias sobre a pandemia.


Nossa primeira notícia é sobre uma parceria entre o Hospital Israelita Albert Einstein, HCor, Hospital Sírio Libanês e Rede Brasileira de Pesquisa em Terapia Intensiva (BRICNet), em parceria com o Ministério da Saúde, inicia uma série de pesquisas para avaliar a eficácia e segurança de medicamentos no combate ao novo coronavírus.

Esta pesquisa também contará com o apoio do Laboratório Farmacêutico EMS, que fornecerá os medicamentos hidroxicloroquina e azitromicina para este estudo.

A primeira parte desta pesquisa, envolverá pacientes de menor gravidade internados por Covid-19. Nestes pacientes será avaliado se a hidroxicloroquina é eficaz em melhorar o quadro respiratório. Também será avaliado se adicionar o medicamento azitromicina, que pode potencializar a ação da hidroxicloroquina, terá efeito benéfico adicional. Serão incluídos nesta primeira fase 630 pacientes.

A segunda pesquisa, envolverá casos mais graves, que necessitam de maior suporte respiratório. Nesta, todos os pacientes receberão o medicamento hidroxicloroquina, com o objetivo de verificar se a azitromicina tem efeito benéfico adicional, com potencial de melhorar os problemas respiratórios causados pelo novo coronavírus. Os centros participantes são os mesmos e serão incluídos em torno de 440 pacientes.

O terceiro estudo, avaliará a efetividade da dexametasona, uma medicação com ação anti-inflamatória, para pacientes com insuficiência respiratória grave, que necessitam de suporte de aparelhos (ventilador mecânico) para respirar. Nesta pesquisa serão incluídos 284 pacientes.

Todos estes estudos serão liderados de forma simultânea pelas instituições HCor, Hospital Israelita Albert Einstein, Hospital Sírio Libanês e a rede de pesquisa BRICNet. Os resultados, que deverão estar disponíveis em 60 a 90 dias, são essenciais para fornecer o melhor tratamento aos pacientes com a COVID-19 no Brasil.


Nossa segunda notícia importante, é anunciou feito hoje, pelo governo brasileiro que zerou o imposto de importação sobre medicamentos como cloroquina e azitromicina.

A Resolução nº 22/2020, com a lista dos produtos, foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira e entre os produtos estão: álcool etílico, oxigênio e dióxido de carbono medicinais; gaze, água oxigenada, lençóis de papel, luvas, esterilizadores e agulhas; equipamentos de oxigenação e de intubação, aparelhos de respiração artificial, termômetros, instrumentos e aparelhos para diagnóstico.


Nossa terceira notícia traz o número atualizado de pessoas infectadas em nosso país, são 2.915 infectados e infelizmente 77 mortos em todo Brasil.


HEALS Educação, mantendo você sempre bem informado 😉 Acesse nosso site e conheça várias opções de cursos https://www.healseducacao.com.br/ #educacao #capacitacaoprofissional #desenvolvimentohumano #aprimoramento #coach #softskills #liderança #farmacia #nutricao #enfermagem #medicina #estetica #radiologia #biomedicina #quimica #biologia #fisioterapia #fitoterapia #plantasmedicinais #farmaciaclinica #farmacoterapia #healseducacao #todoscontraocoronavirus #sepuderfiqueemcasa #covid19 #coronavirus Fontes: http://www.crfsp.org.br/noticias/11168-iniciativa-in%C3%A9dita.html


https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2020-03/governo-zera-imposto-de-importacao-de-medicamentos-contra-covid-19


https://saude.gov.br/



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Heals logo final final..png
LINKS
CONTATO

atendimento@healseducacao.online

Tel.: (11) 99258-2622

Avenida Paulista 807, São Paulo

SOCIAL
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter