ASHWAGANDHA – MUITO MAIS QUE UM “AFRODISÍACO”, ESTÍMULO FISIOLÓGICO E EMOCIONAL



Como o transtorno mental mais comum, a ansiedade representa um problema urgente que afeta pessoas de todas as idades. A ansiedade é frequentemente acompanhada de estresse, que é a resposta fisiológica do corpo a ameaças mentais ou físicas. Embora a breve exposição à resposta ao estresse seja destinada a ser um mecanismo benéfico de enfrentamento, o estresse a longo prazo provavelmente resultará no declínio da saúde geral e na complicação das doenças existentes.


Os protocolos de tratamento para o manejo da ansiedade e a redução do estresse estão sendo continuamente procurados para mitigar o efeito desses riscos predominantes à saúde. Alternativas aos benzodiazepínicos e outros medicamentos prescritos são de grande interesse, com intenções de diminuir a exposição a efeitos adversos nocivos afiliados a esses medicamentos.


Homens x Ansiedade e Depressão:


Originalmente conhecida como uma doença que afeta muito mais as mulheres, a depressão também pode se manifestar nos homens. Os principais sintomas da depressão nos homens são: Fadiga, Dormir muito ou muito pouco, Dor de estômago ou dor nas costas, Irritabilidade, Dificuldade de concentração, Stress, Ansiedade, Disfunção sexual, entre outros.


Homens mais velhos estão em maior risco de suicídio, e os médicos podem não perceber os sintomas de depressão neste grupo. Na verdade, mais de 70% das vítimas mais velhas de suicídio visitaram seus médicos no mês da morte. Os pensamentos suicidas devem ser acompanhados de perto e tratados com medicamentos e psicoterapia. Em geral, a depressão não é parte normal do envelhecimento em homens ou mulheres por conta da redução da produção de alguns hormônios pela hipófise.


Ashwagandha melhora a qualidade do sono, concentração e funções sexuais:


Ayurveda, um sistema tradicional indiano de medicina, oferece vários tratamentos para insônia. Ashwagandha (Withania somnifera, Solanaceae) é uma erva rasayana ou erva rejuvenescedora, com efeitos ansiolíticos, analgésicos, hipotensivos, sedativos, entre outros.


A raiz do Ashwagandha atua como um adaptógeno e antioxidante e foi demonstrado que melhora a memória e a cognição em paciente com declínio cognitivo leve, melhora a função sexual e ajuda no controle de peso.


Em um RCT, publicado no Jounal of Ethnopharmacology, em janeiro de 2021, 80 pacientes entre 18 e 50 anos foram avaliados (40 receberam ashwagandha 300mg e 40 receberam placebo). Após 8 semanas, o grupo ashwagandha mostrou melhora na qualidade de sono, em comparação com o grupo placebo, e nenhum efeito adverso.


HEALS EDUCAÇÃO, MANTENDO VOCÊ SEMPRE MUITO BEM INFORMADO!


Leia mais sobre essa pesquisa no link https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32818573/

11 visualizações0 comentário