Bebida alcoólica e função cognitiva.



Um estudo examinou a ligação entre o consumo de álcool e as mudanças na função cognitiva ao longo do tempo entre adultos de meia-idade e idosos nos EUA.


"Sabemos que algumas pessoas mais velhas acreditam que beber um pouco de vinho todos os dias pode manter uma boa condição cognitiva", disse o principal autor, Ruiyuan Zhang, estudante de doutorado na Faculdade de Saúde Pública da UGA.


"Queríamos saber se o consumo de uma pequena quantidade de álcool realmente se correlaciona com uma boa função cognitiva, ou é apenas uma espécie de viés de sobrevivência".


Foi demonstrado que o consumo regular e moderado de álcool promove a saúde do coração e algumas pesquisas apontam para um benefício protetor semelhante para a saúde do cérebro. No entanto, muitos desses estudos não foram projetados para isolar os efeitos do álcool na cognição ou não mediram os efeitos ao longo do tempo.


Zhang e sua equipe desenvolveram uma maneira de acompanhar o desempenho da cognição por mais de 10 anos usando dados dos participantes do Estudo de Saúde e Aposentadoria, representativo nacionalmente.


Durante o estudo, um total de 19.887 participantes completou pesquisas a cada dois anos sobre sua saúde e estilo de vida, incluindo perguntas sobre hábitos de consumo. Beber leve a moderadamente foi definido como menos de 8 doses por semana, para mulheres, e menos de 15 doses por semana, entre homens.


Esses participantes também tiveram suas funções cognitivas medidas em uma série de testes, analisando seu estado mental geral, recordação de palavras e vocabulário. Os resultados de seus testes foram combinados para formar um escore cognitivo total.


Zhang e seus colegas analisaram como os participantes se saíram nesses testes cognitivos ao longo do estudo e categorizaram seu desempenho como trajetórias altas ou baixas, o que significa que sua função cognitiva permaneceu alta ao longo do tempo ou começou a declinar.


Comparados aos não bebedores, eles descobriram que aqueles que tomavam uma ou duas doses por dia tendiam a ter um desempenho melhor nos testes cognitivos ao longo do tempo.


Mesmo quando outros fatores importantes conhecidos por impactar a cognição, como idade, tabagismo ou nível de educação, foram controlados, eles viram que um padrão de consumo de bebida leve estava associado a altas trajetórias cognitivas.


HEALS Educação, mantendo você sempre bem informado!


Acesse nosso site e faça o seu cadastro em nosso curso grátis sobre Imunidade e Imunomodulação com o foco em Fitoterápicos e PICS https://www.healseducacao.com.br/


#educacao #capacitacaoprofissional #desenvolvimentohumano #aprimoramento #coach #softskills #liderança #farmacia #nutricao #enfermagem #medicina #estetica #radiologia #biomedicina #quimica #biologia #fisioterapia #fitoterapia #plantasmedicinais #farmaciaclinica #farmacoterapia #healseducacao #alcool #cognição


Link do artigo: https://jamanetwork.com/journals/jamanetworkopen/fullarticle/2767693

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Heals logo final final..png
LINKS
CONTATO

atendimento@healseducacao.online

Tel.: (11) 99258-2622

Avenida Paulista 807, São Paulo

SOCIAL
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter