Hypericum perforatum reduz sintomas da menopausa e melhora a depressão em mulheres pós-menopausadas.



Um estudo de autoria de Eatemadnia e Colaboradores, intitulado O efeito do Hypericum perforatum em sintomas pós-menopausa e depressão: Um ensaio controlado randomizado, foi publicado na revista Complementary Therapy Medicine, em agosto de 2019 (doi: 10.1016/j.ctim.2019.05.028), e mostrou os efeitos positivos do Hipérico no tratamento de mulheres menopausadas. Os pesquisadores compararam grupos de mulheres usando 330mg de extrato de Hipérico, 3 vezes do dia, com um grupo de mulheres usando placebo. Ao final de 8 semanas, 80% das mulheres em uso de Hipérico não apresentava sintomas de depressão e 20% apresentava sintomas leves. No grupo placebo, 80% das mulheres apresentavam ainda sintomas de depressão.


Resumo do artigo original:


Os primeiros sintomas pós-menopausa incluem ondas de calor, insônia, ansiedade, depressão, falta de concentração, mudança de desejos sexuais e atrofia de pele e muco. As partes aéreas Hypericum perforatum (SJW) têm demonstrado clinicamente efeitos antidepressivos e analgésicos. Estudos clínicos descobriram que o SJW pode ser útil para o tratamento de ondas de calor ou depressão em mulheres pós-menopausa, mas o efeito do SJW em ondas de calor e depressão não foi avaliado. Assim, o objetivo deste estudo randomizado, duplo-cego, controlado por placebo foi avaliar o efeito do SJW sobre sintomas da menopausa, ondas de calor e depressão.


Mulheres pós-menopausadas (n = 80, com idades entre 45 e 60 anos) participaram deste estudo realizado em seis centros de saúde pública em Izeh (Província de Khuzestan), Irã. As mulheres incluídas tiveram amenorreia por ≥ 12 meses e pelo menos dois sintomas da menopausa de acordo com o Índice Kupperman modificado (KI). As mulheres excluídas tiveram menopausa devido à oofrectomia ou disfunção endócrina, tiveram histórico de uso de fitoestrogênio, eram alérgicas a fitoterápicos, tinham depressão grave ou apresentavam índice de massa corporal (IMC) > 30 kg/m2. Os participantes receberam 330 mg de Hypericum, três vezes por dia ou placebo (mesma forma e cor que o SJW, composição não relatada, e o sabor e odor do suplemento ativo poderiam facilitar um efeito placebo) por oito semanas. Na linha de base e a cada duas semanas, o escore modificado de KI foi usado para medir a intensidade dos sintomas da menopausa, e a frequência e a gravidade das ondas de calor foram registradas. No final da linha de base e do estudo, a Escala de Classificação da Depressão Hamilton foi concluída para avaliar a depressão.


Cinco participantes de cada grupo foram descontinuados do estudo por não fazerem os tratamentos corretamente. Não houve diferenças significativas entre os grupos na frequência de ondas de calor ou na pontuação KI na linha de base e segunda semana. No entanto, na semana 4 até a semana 8, o grupo SJW teve uma redução significativa nas ondas de calor e pontuação KI em comparação com o grupo placebo (P < 0,001 em todos os pontos de tempo). Não houve diferenças significativas entre os grupos na intensidade das ondas de calor na linha de base e na semana 2. No entanto, na semana 4 até a semana 8, o grupo SJW não teve participantes com ondas de calor severas; enquanto que o grupo controle teve 31-43% dos participantes com ondas de calor severas (P < 0,001 para todos os pontos de tempo). Na linha de base, a intensidade da depressão não foi significativamente diferente entre os grupos. Com oito semanas, 80% do grupo SJW não apresentava depressão e 20% apresentava depressão leve; enquanto, 5,7% do grupo controle não apresentava depressão e 80% apresentava depressão leve (P < 0,001).


Os autores concluem que o SJW melhora significativamente a frequência e a gravidade das ondas de calor, sintomas da menopausa e depressão em mulheres com depressão leve a moderada. As limitações reconhecidas deste estudo incluem a curta duração, a falta de acompanhamento pós-tratamento e a carga de tomar três cápsulas por dia, como evidenciado por 12,5% dos participantes descontinuados por não tomarem o tratamento corretamente. Outras limitações são que não havia explicação de como o duplo cego foi realizado ou se os comprimidos SJW tinham gosto e cheiro diferente do placebo. Os autores não relatam conflitos de interesse.


HEALS Educação, mantendo você sempre bem informado!


#educacao #capacitacaoprofissional #desenvolvimentohumano #aprimoramento #coach #softskills #liderança #farmacia #nutricao #enfermagem #medicina #estetica #radiologia #biomedicina #quimica #biologia #fisioterapia #fitoterapia #plantasmedicinais #farmaciaclinica #farmacoterapia #healseducacao #hypericum #ervadesãojoão #menopausa

Texto original no link http://cms.herbalgram.org/herbclip/644/111956-644.html?ts=1595264739&signature=45f89c0691d7754a74de9c13357b3cac&ts=1595692800&signature=adaea13371f376243b1aeba7acb03167

17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Heals logo final final..png
LINKS
CONTATO

atendimento@healseducacao.online

Tel.: (11) 99258-2622

Avenida Paulista 807, São Paulo

SOCIAL
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter