Qual a relação entre antiparasitário e o tratamento para COVID-19?


A droga Ivermectina é capaz de inibir a replicação do SARS-CoV-2 in vitro. Um único tratamento foi capaz de efetuar a redução de ~ 5.000 vezes o número de vírus em 48h em cultura de células. A hipótese para o mecanismo de ação dessa inibição viral seria que a ivermectina inibe a importação nuclear do IMPα/β1 dificultando a multiplicação do vírus e sua entrada na célula hospedeira. Contudo, vale ressaltar que esse mecanismo de ação é hipotético e que nenhum estudo foi realizado in vivo e sim in vitro e utilizando poucos tipos de linhagens celulares.


Outro antiparasitário que vem sendo vislumbrado como possível fármaco para o tratamento de COVID-19 é a nitazoxanida. Esse fármaco, assim como a ivermectina, não possui estudos in vivo sobre sua eficácia e/ou mecanismo de ação. A nitazoxanida tem sido estudada como inibidor de diversos vírus como HIV, de vírus causadores de síndromes respiratória entre outros, mas não há estudos para SARS-CoV-2.


Ambos os antiparasitários podem sim ser eficazes no tratamento do coronavírus, contudo é necessário que parâmetros como eficácia, mecanismo de ação e toxicidade, por exemplo, sejam estudados/reportados.


HEALS Educação, mantendo você sempre bem informado!


#educacao #capacitacaoprofissional #desenvolvimentohumano #aprimoramento #coach #softskills #liderança #farmacia #nutricao #enfermagem #medicina #estetica #radiologia #biomedicina #quimica #biologia #fisioterapia #fitoterapia #plantasmedicinais #farmaciaclinica #farmacoterapia #healseducacao #ivermectina #covid19 #antiparasitario


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Heals logo final final..png
LINKS
CONTATO

atendimento@healseducacao.online

Tel.: (11) 99258-2622

Avenida Paulista 807, São Paulo

SOCIAL
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter