QUALIDADE DO SONO PODE FAVORECER APARECIMENTO DE DEMÊNCIA




Adultos de meia-idade que relatam sintomas de insônia e dormem menos de seis horas por noite podem ter maior risco de comprometimento cognitivo, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores do Penn State College of Medicine. Os resultados podem ajudar os profissionais de saúde a entender quais pacientes que relatam insônia têm maior risco de desenvolver demência.


A insônia é caracterizada por relatos de dificuldade em adormecer, dificuldade em permanecer dormindo ou acordar muito cedo e não conseguir voltar a dormir. Quando esses sintomas ocorrem pelo menos três noites por semana e por pelo menos três meses, é considerado um distúrbio crônico.


Os pesquisadores descobriram que os adultos que relataram insônia e tiveram menos de seis horas de sono medido no laboratório tinham duas vezes mais probabilidade de ter prejuízo cognitivo do que pessoas com as mesmas queixas de insônia que dormiam seis ou mais horas no laboratório.


Adultos que relataram insônia, mas que dormiram seis ou mais horas no laboratório, não correram risco de comprometimento cognitivo quando comparados a pessoas que dormem bem. A equipe de pesquisa considerou possíveis diferenças em fatores sociodemográficos - incluindo idade, sexo, raça, etnia, anos de educação - e a presença de problemas de saúde física e mental, incluindo apnéia do sono, bem como uso de substâncias, como tabagismo e ingestão de álcool.


HEALS Educação, mantendo você sempre bem informado!


#educacao #capacitacaoprofissional #desenvolvimentohumano #aprimoramento #coach #softskills #liderança #farmacia #nutricao #enfermagem #medicina #estetica #radiologia #biomedicina #quimica #biologia #fisioterapia #fitoterapia #plantasmedicinais #farmaciaclinica #farmacoterapia #healseducacao #qualidadedosono #demencia



Os resultados do estudo foram publicados na revista Sleep., com o título Evidence for the Etiopathogenesis of Insomnia and its Psychiatric Risk, e pode ser acessado no link https://neurosciencenews.com/insomnia-cognitive-impairment-17089/

0 visualização0 comentário